PRONTO ATENDIMENTO
SEG A SÁB - 7H AS 19H
(11) 2227-9040 / (11) 94326-0089
Facebook - Hospital Sílvio Romero
Instagram - Hospital Sílvio Romero

No site do Sílvio Romero, o seu hospital no Tatuapé em São Paulo, você encontra diversas informações sobre doenças e seus modos de tratamento. Saiba mais sobre o que é Cálculo de Vesícula Biliar.

Cirurgia geral no Tatuapé - SP

Cálculo de Vesícula Biliar ou Colelitíase é uma enfermidade que decorre do aparecimento de cálculos (pedras) na vesícula biliar, no fígado. Na maioria das vezes este cálculo é composto de colesterol, devido a um desequilíbrio na formação de colesterol pelo fígado e na menor síntese de sais biliares por problemas na reabsorção desses pelo óleo terminal (intestino delgado).

Como ocorre a formação de Cálculo de Vesícula Biliar?

Estudos mostram que com o passar da idade, aumenta-se a incidência de casos de cálculo na vesícula biliar, embora crianças e adultos com distúrbios hematológicos (alguns tipos de anemia) e, com dificuldade de absorção de sais biliares, estão predispostos à formação de cálculos biliares. A presença das bactérias assestadas na vesícula biliar, a diminuição do muco da vesícula e, até mesmo, diminuição das contrações por jejum prolongado, também são fatores desencadeantes da litíase vesicular e, também da agudização do quadro da colecistite.

Sintomas de Cálculo de Vesícula Biliar ou Colelitíase

Em muitos casos, o aparecimento de cálculo na vesícula biliar é assintomático. Porém, nos casos de sintomas, os mais comuns são:

  • Dor no abdômen, principalmente do lado direito próximo as costelas, conhecida como cólica biliar;
  • A cólica é causada pela contração da vesícula biliar e surge de 30 a 60 minutos depois das refeições;
  • Má digestão, desconforto abdominal vago, náuseas e vômitos, ou mesmo flatulências.

Complicações do Cálculo de Vesícula Biliar ou Colelitíase

As complicações mais comuns são infecção aguda, causando quadro grave, principalmente em diabéticos, idosos e pessoas com baixa imunidade e, pancreatite decorrente da migração do cálculo e obstrução da drenagem do suco pancreático.

Diagnóstico da Cálculo de Vesícula Biliar ou Colelitíase

Ultra-sonografia e exames laboratoriais podem mostrar a alteração de enzimas do fígado e dos ductos biliares.

Tratamento da Colelitíase

O tratamento consiste em retirada da vesícula (e dos cálculos) através de cirurgia videolaparoscópica e, se não for possível, faz-se a técnica convencional com incisão no lado superior direito do abdômen.

Tempo de recuperação

A recuperação costuma ser rápida com o paciente recebendo alta de 8 a 24 horas, após o procedimento cirúrgico, retomando suas atividades em poucos dias.

Links externos:

ABC da Saúde: http://www.abcdasaude.com.br/artigo.php?53

MD Saúde: http://www.mdsaude.com/2009/05/pedra-na-vesicula-e-colecistite.html

Rua Fernandes Pinheiro, 268
CEP 03308-060 - Tatuapé - São Paulo

Receba Nossa Newsletter